Aninhando funções

Quando queremos inserir uma função dentro da outra, como no caso de queremos colocar várias condições Se dentro de uma mesma fórmula, chamamos isto de ANINHAMENTO DE FUNÇÕES.

A versão 2013 permite 64 aninhamentos (poderiam ser 64 SE…).

A importância da Lógica

Antes de você ir montar essa sequência de SE, é importante saber que lógica deveria seguir, porque se olharmos somente para a necessidade de uma função SE, podemos focar no meio de resolver o problema, e não no problema em si.

Vamos supor que você queira que ela analise uma célula que tem nomes de meses e retorne seus respectivos números de ordem, mas os meses do ano são 12 e a SE oferece análise para 7 condições somente, e agora?

No exemplo a SE vai analisar o que estiver na célula “I1″.

Na célula que você quer o resultado você digita a fórmula abaixo:

=SE(I$1=”JANEIRO”;1;SE(I$1=”FEVEREIRO”;2;SE(I$1=”MARÇO”;3;SE(I$1=”ABRIL”;4;SE(I$1=”MAIO”;5;SE(I$1=”JUNHO”;6;

SE(I$1=”JULHO”;7;SE(I$1=”AGOSTO”;8;SE(I$1=”SETEMBRO”;9;SE(I$1=”OUTUBRO”;10;SE(I$1=”NOVEMBRO”;11;SE(I$1=”DEZEMBRO”;12;”não encontrado”))))))))))))

 

Basicamente dependendo do mês, queremos trazer uma informação distinta.


 

Gostou deste post?
Preencha com seus dados e receba todas as nossas atualizações!

 

A surpresa

Considerando a necessidade, NÃO DEVEMOS USAR A FUNÇÃO SE!

Imagina uma função deste tamanho! A chance de dar erro é enorme, sem contar o limite de 64 aninhamentos. Na fórmula acima fizemos 12, imagina o tamanho da fórmula se usarmos 64 SE!

A melhor situação para isto é a função PROCV (também daria para usar a ESCOLHER, dependendo do caso).

Veja o exemplo a seguir:

blog

Note que na função PROCV estamos buscando o ítem digitado da I1 (tal como no exemplo da função SE). Daí selecionamos um intervalo onde digitamos os resultados esperados para cada ítem (intervalo entre H7 e I18), o número 2 representa que queremos a segunda coluna do intervalo (neste caso o número do mês). O FALSO (ou 0) diz que a função deve procurar exatamente o que foi digitado, sem procurar nada que ela considere aproximado.

Tem mais algumas coisas sobre PROCV aqui e aqui.

Então, tome cuidado quando tiver um problema a resolver, não pense “como colocar diversos SE”, e sim “como criar uma função que analise dezenas de condições”.

 

Fonte: http://dicasdeexcel.com.br